Revenda

Enxovais para revender: trabalhar sob pedidos ou ter um estoque?

Escrito por Gabriel Valle

Quem quer ter sucesso com suas revendas precisa planejar seu negócio como fazem as grandes empresas e, assim, escolher bons produtos e criar estratégias de comercialização. A opção por enxovais para revender, por exemplo, é excelente, mas aí começam as dúvidas: ter ou não um estoque deles?

Muitas coisas precisam ser pensadas antes de responder essa pergunta, e disponibilidade do produto na hora da oferta é apenas uma delas. Por quanto tempo podem ser guardados? Existe espaço para armazená-los? E qual preço oferecer pelo item com entrega imediata?

São muitas questões que influenciam essa decisão, mas o mais interessante é que sua estratégia e raciocínio poderão ser replicados para seus demais produtos de revenda.

Quer uma ajuda para montar sua estratégia? Aqui vão algumas considerações essenciais para sua escolha. Boa leitura!!

Enxovais para revender são sazonais ou perecíveis?

A primeira pergunta é sobre a durabilidade dos produtos. A maioria dos itens de enxoval não possui prazo de validade, mas alguns temas são específicos de datas festivas. Se acaba o Natal, os produtos com o bom velhinho só serão atraentes novamente no ano seguinte.

Se a ideia é fazer um estoque de semaninhas, por exemplo, o melhor é investir em produtos com temas neutros. Esses, aliás, são ótimos produtos para ter estoque por seu preço e funcionalidade. Toda cliente está sempre precisando ou querendo para presentear alguém.

O prazo de entrega para pedidos é muito grande?

Alguns revendedores pedem prazos longos para entrega, seja pela fabricação dos itens, seja pela própria logística de entrega, como em cidades e estados do Brasil com frequência do Correios mais restrita.

Se são produtos que agradam suas clientes, vale a pena ter um estoque que garanta uma boa venda.

É possível prever quantos serão vendidos por mês?

E por falar no gosto das clientes, revendedoras antenadas acabam mapeando quais são os produtos preferidos e que vendem muito.

Assim, existem duas estratégias interessantes: a primeira é, de fato, montar um estoque deles; e a outra é aproveitar suas campanhas e ofertas para fazer contato com as clientes. A revendedora pode usar a oportunidade e oferecer outros itens do catálogo.

Você possui recursos financeiros para investir em estoque?

Para a contabilidade das grandes empresas o estoque é um ativo, ou seja, um patrimônio construído com o investimento de dinheiro. O mesmo vale para as revendedoras.

Para ter em estoque jogos de cama, tapetes de banheiro, toalhas de mesas, entre outros, é preciso investir dinheiro e, claro, planejar um lucro maior que recompense a estratégia e até o risco da transação, afinal de contas, se o valor estivesse na poupança, renderia.

Mas, se a ideia parecer vantajosa, é possível criar um estoque aos poucos, sem comprometer as finanças mensais.

Possui espaço adequado para armazená-los?

Itens com grande volume ocupam espaço e mesmo os pequenos precisam de um local para armazenamento adequado.

No caso de tapetes e edredons, por exemplo, além de ocuparem muito espaço, precisam de um ambiente arejado e sem umidade para não estragá-los.

São várias perguntas a serem feitas antes de decidir fazer um estoque de enxovais para revender ou qualquer outro produto de maior valor de comercialização. Se bem planejado, porém, pode ser uma boa oportunidade para conquistar clientes e maiores lucros.

Uma boa dica é utilizar aplicativos que ajudam na organização de estoque e pedidos. A Valle Enxovais, inclusive, inovou nesse sentido lançando uma ferramenta exclusiva para suas revendedoras.

Com ele, não é mais necessário usar cadernos de anotação e nem ficar fazendo cálculos do preço dos produtos, lucros da revenda e quantidade de produtos que faltam para isentar o frete quando promoções nesse sentido ocorrem.

Esse aplicativo pode facilitar muito a gestão dos enxovais para revender, mas um guia definitivo sobre elas também é uma referência obrigatória de consulta. Deseja baixar um gratuitamente? Aqui está!

Sobre o autor

Gabriel Valle

Formado em Administração de Empresas. Começou com 12 anos e passou por todos os setores, até assumir como CEO em 2010, cargo que ainda ocupa.
Ama o que faz e busca sempre entender e atender à todas as necessidades dos clientes da Valle.

Share This