Decoração

Saiba agora como escolher as melhores cortinas para o quarto

Escrito por Gabriel Valle

Alguns clientes não sabem como escolher cortinas para quarto e acabam comprando produtos de baixa qualidade, ou optando por janelas de metal para não terem arrependimentos ou prejuízos. Mas as cortinas têm muitas funcionalidades além de controlar a iluminação do ambiente.

Elas também tornam o quarto mais aconchegante, íntimo e confortável — reduzindo, inclusive, a entrada daquele vento frio do início do inverno. Assim, para fazer boas revendas desse produto, é preciso dominar tais argumentos e o processo de escolher o modelo ideal para o cliente.

Então, quer saber como oferecer o produto certo para cada tipo de cliente e os seus diferentes estilos? Acompanhe o post a seguir!

Preste atenção no tamanho da janela

Essa pode parecer uma informação básica, mas é bem comum que alguns clientes não prestem muita atenção nesse fato.

No geral, as cortinas mais longas são as mais utilizadas, sendo as curtas preferidas para ambientes pequenos ou quartos infantis, que permitem criar uma decoração mais descontraída e despretensiosa.

Assim, se a intenção é aumentar a dimensão da parede, o ideal é fazer cortinas que, a partir do teto, sobrem entre 3 e 4 centímetros antes de tocar o chão.

Determine o tipo de varão corretamente

Os varões são a forma mais fácil de colocar cortinas no quarto, e permitem que a sua retirada para limpeza seja mais prática. Existem em modelos simples, duplos, de diferentes materiais e tamanhos.

É preciso, então, saber determinar a espessura e o tamanho do varão. Também vale sugerir o uso das ponteiras — que, além de dar o acabamento diferenciado, garantem que a cortina permaneça firme na posição escolhida.

Avalie o material para saber como escolher cortinas para quarto

O material é outro elemento fundamental para escolher cortinas para o quarto. Alguns são mais resistentes e práticos, enquanto outros necessitam de mais cuidados, como aqueles leves e fluidos.

O ideal é considerar a usabilidade da cortina: como os moradores lidam com o ambiente, se já existem outras opções para compor variações, a incidência de luz no quarto, entre outros aspectos.

Vale destacar que, ao fazer esses questionamentos para um cliente, é preciso demonstrar que se trata de um atendimento personalizado, uma consultoria para decoração doméstica em que, acima de tudo, está a satisfação desse cliente.

Não se esqueça da sintonia com o restante da decoração

Pensando na cortina como um elemento mais fixo, a ideia de usar cores neutras é muito interessante. Porém, se o estilo dos moradores é diferente, opções de combinação podem compor melhor o ambiente.

Com varões de modelo duplo, por exemplo, é possível usar o tom neutro para a parte funcional e as estampas e listras como xale. Além disso, é importante lembrar que cores neutras são mais clássicas, enquanto as combinações de estampas podem dar um ar moderno à decoração. Já aqueles com ar mais pesado podem dar características de conforto e aquecimento ao ambiente.

Enfim, com todas essas dicas você, com certeza, conseguirá convencer clientes pelo conhecimento sobre o assunto, e não apenas para fechar mais uma venda.

Esse, aliás, deve ser o pensamento de uma revendedora que compreende o poder do relacionamento com suas clientes para ter boas vendas regularmente. Além disso, é preciso zelar pela qualidade dos produtos, escolhendo fornecedores confiáveis e que estejam em constante inovação.

E aí, gostou deste post sobre como escolher cortinas para quarto? Agora, quer conhecer o aplicativo da Valle Enxovais e suas outras facilidades para a revenda de produtos? Então, entre em contato conosco e peça mais informações para se tornar uma revendedora da marca!

Sobre o autor

Gabriel Valle

Formado em Administração de Empresas. Começou com 12 anos e passou por todos os setores, até assumir como CEO em 2010, cargo que ainda ocupa.
Ama o que faz e busca sempre entender e atender à todas as necessidades dos clientes da Valle.

Share This